ECOLOGICAMENTE CORRETO: APRENDER BRINCANDO!

Criar objetos com material reciclado é como ter duas aventuras ao mesmo tempo.
Uma leva a cuidar do planeta diminuindo a poluição gerada por plásticos, vidros e outros materiais que podem ser reciclados (virar outra coisa).
A segunda aventura será a capacidade de usar a criatividade e imaginação para dar uma nova função e forma a estes materiais.
Os alunos dos 4ºs. anos estudaram os elementos construídos pelo homem e os elementos naturais. A importância da preservação e do conhecimento do ambiente em que vivemos é fundamental para o equilíbrio do planeta. Campo X cidade vivendo em harmonia. Isto depende de cada um de nós. Esforço. Responsabilidade. Consciência. Palavras chaves para esta geração que tem o poder de mudar o mundo e de transformar realidades.

Beijos reciclados com muito amor!

Professoras dos 4ºs. anos.

Este slideshow necessita de JavaScript.

PÁSCOA…

Olá crianças!!! Você sabe que no próximo domingo estaremos celebrando uma data muito importante a Páscoa. Vamos aproveitar para saber o que a turminha do Smatkids tem para nos falar sobre este assunto!!!

PÁSCOA

Qual é o significado da Páscoa?

Para os cristãos, a Páscoa celebra a ressurreição de Jesus Cristo. Depois de morrer na cruz, Seu corpo foi colocado em um sepulcro, onde ali permaneceu, até sua ressurreição, quando Seu espírito e Seu corpo foram reunificados. 

Para os judeus, a Páscoa, também chamada de Pessach, ou Passover recorda a travessia dos judeus do Egito até a Terra Prometida – marcada pela conhecida travessia do Mar Vermelho – comemorando o êxodo dos israelitas do Egito durante o reinado do faraó Ramsés II, da escravidão para a liberdade. 

Como vimos, tanto a Páscoa cristã como a Páscoa judaica são rituais de passagem: 

Páscoa Cristã – lembra a jornada de Jesus da morte à vida. 

Páscoa Judaica – travessia pelo Mar Vermelho, da escravidão à liberdade. 

Símbolos da Páscoa 

Há símbolos que representam a Páscoa e são muito tradicionais…

 O primeiro, sem dúvida é o ovo de Páscoa, que simboliza vida nova ou o começo da vida, por isso eram oferecidos aos familiares e amigos nesta época. Antigamente não existiam ovos de chocolate, então usava-se ovos cozidos e depois decorados. Essa tradição continua em muitos países até hoje, mas… Depois de 1830, quando surgiram as primeiras fábricas de chocolate na Inglaterra, essa tradição ganhou outro sabor e os ovos passaram a ser de chocolate. Sem dúvida é uma delícia!!!

 O coelho da Páscoa é uma celebridade nesta época, principalmente para as crianças. O coelho tem grande facilidade para procriar e lembra a fecundidade da palavra de palavra de Deus entre os povos.

 A colomba pascal tem o formato da “pomba da paz” que significa a vinda do Espírito Santo. Conta a lenda que este símbolo surgiu na vila de Pavia, na Itália, onde um confeiteiro teria evitado a invasão da vila oferecendo este agrado ao rei, mantendo assim a paz no local.

 Brincadeiras da Páscoa… Esta você não pode perder!

 A caça ao ovo é uma brincadeira tradicional e divertida! Os ovos, que podem ser os cozidos decorados ou mesmo com ovos de chocolate, são escondidos pelos pais para serem descobertos pelas crianças na manhã de Páscoa. Vence quem achar primeiro o seu ovo!

 Para “pregar uma peça” nos seus amigos, faça um ovo com bexiga! Pegue uma bexiga e faça um belo embrulho, como se fosse um ovo de Páscoa. Entregue para seus amigos e espere pelas gargalhadas, mas depois não deixe de entregar alguns ovinhos de chocolate para que não fiquem tão chateados!

 http://smartkids.com.br/especiais/pascoa.html

Gostaram???

Feliz Páscoa a todos vocês!!!!!!!!

Muitos beijos!!!

Tia Adriana, tia Carina e tia Sonia

SÓLO, ÉS MÃE GENTIL

Os alunos dos 4ºs. anos estudaram em Ciências sobre os componentes, as características e os tipos de solo. O solo fértil é rico em nutrientes e permite boa circulação da água e do ar, elementos necessários ao desenvolvimento das plantas. Sabe-se também que o solo sofre dois tipos de ações do ser humano: benéficas e maléficas.

Benéficas: desenvolvimento de técnicas agrícolas que são utilizadas para o bom uso e conservação do solo.

Maléficas: através dos desmatamentos, queimadas, ocupação desordenada de espaços, poluição, excesso de aplicação de adubos, de defensivos agrícolas (agrotóxicos), etc.

A Campanha da Fraternidade 2011 com o tema: “Fraternidade e a Vida no Planeta” salienta a importância de cuidarmos de nossa casa chamada Terra.

Foi criado o boneco ecológico explicando que para que ele sobrevivesse e as suas sementes germinassem seriam necessárias algumas condições como, por exemplo, água, cuidado e algum local para que pudessem germinar.

Recortou-se o pé de uma meia-calça feminina e colocou-se dentro dela alpiste e terra fértil. Foi dado um nó e estava pronta a cabeça do boneco. Os alunos amaram a experiência. Durante vários dias molharam o boneco ecológico e puderam observar que o cabelo verde começou a crescer, ou melhor, o alpiste começou a germinar.

O objetivo foi mostrar a germinação e o crescimento orientado do alpiste, que saiu pelos pequenos poros da meia em direção a luz, formando, dessa forma, diversos penteados no boneco.

Além de aprenderem sobre o solo fértil e a germinação, observaram a importância do cuidado que devemos ter com o ambiente em que vivemos e a ação do homem sobre a natureza. Os alunos discutiram sobre a importância de respeitarmos nossa mãe Terra.

Beijos das professoras dos 4ºs. anos.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Culinária, é uma delícia!

Os Alunos dos 2ºs. anos prepararam uma deliciosa receita de brigadeiro. Siga a receita e bom apetite.

Receita de Brigadeiro

1 lata de leite condensado
3 colheres de chocolate em pó
2 colheres de manteiga
Leve ao fogo e mexa sem parar até desgrudar do fundo da panela.

Bom apetite!

Este slideshow necessita de JavaScript.

Construindo um vulcão – 3º anos…

   Quando as pessoas pensam em vulcões, a primeira imagem que vem à cabeça é provavelmente uma montanha alta com lava alaranjada sendo expelida. Certamente há vários tipos de vulcões assim. Mas o termo vulcão descreve, na verdade, uma gama de fenômenos geológicos muito mais ampla.

   Em geral, um vulcão é qualquer lugar onde certa quantidade de material é expelida de dentro do planeta para a superfície terrestre.

   O que é exatamente esse material expelido? No nosso planeta é o magma ou rocha fundida. Para entender de onde ele vem, precisamos examinar a estrutura do planeta Terra.

Terra é composta de várias camadas, divididas em três mega-camadas: o núcleo, o manto e a crosta.

  • Nós vivemos na crosta rígida que possui de 5 a 10 km de espessura sob os oceanos e de 32 a 70 km sob a terra. Isso pode parecer muito, mas, comparada ao resto do planeta, ela é bem fina como a casca de uma maçã.
  • Logo abaixo da crosta encontra-se o manto, a maior camada da Terra. Embora o manto seja extremamente quente, ele é primordialmente sólido, pois a pressão interna do planeta é tão grande que o material não derrete. Em circunstâncias especiais, contudo, o material derrete formando o magma que transborda pela crosta.

Agora, vejam o que a turminha do 3º ano fez: construindo um vulcão e comparando as camadas da Terra com um ovo cozido.

Foi uma explosão de alegria!!!

Este slideshow necessita de JavaScript.

Alunos do 4º. Ano C fizeram o SAPO FALANTE…

BIOPIRATARIA

A história da biopirataria na Amazônia começou logo depois do “descobrimento” ou melhor, “encobrimento” dos portugueses em 1500, quando os mesmos roubaram dos povos indígenas da região, o segredo de como extrair um pigmento vermelho do pau-brasil . Hoje, a flora e a fauna do Brasil continuam desaparecendo e a madeira que deu ao Brasil seu nome, está sendo preservada apenas em alguns jardins botânicos.

Os indígenas tinham grande conhecimento sobre a natureza e seus recursos. Porém, a tecnologia da sociedade vem ameaçando os últimos ecossistemas e a diversidade biológica e cultural na terra.

Sabe-se que a evolução é inevitáv el, mas por que não preservar e também utilizar de forma consciente?

O SAPO VERDE

O sapo verde – phyllomedusa bicolor é a maior espécie do gênero da família Hylidae, que ocorre na Amazônia. Podendo ser encontrado em quase todos os países amazônicos como a Guiana, Venezuela, Colômbia, Peru, Bolívia e Brasil. Principalmente no período das chuvas, sob árvores próximas aos igarapés. Onde coaxam por toda a noite, anunciando chuva no dia seguinte. Mas, é na madrugada, que são “colhidos” a fim de retirarem sua secreção cutânea (pele), para fazer a “vacina do sapo”.

USO TRADICIONAL

Tomar a vacina do sapo é uma prática antiga de fins medicinais, muito fundida entre os povos indígenas do Brasil e do Peru. A maior finalidade é “tirar a panema”, ou seja, afastar a má sorte na caça e com as mulheres. Existem variações nos rituais e nomes dados ao sapo verde. Na história antiga dos Kaxinawá, o sapo kampu (nome utilizado pelo povo K axinawá), era o chefe do “nixi pëi”, bebida preparada com o cipó Banisteriopsis caapi. A vacina do sapo é considerado um remédio para muitos males pelas populações tradicionais do vale do Juruá, curando desde amarelão até dores em geral.

Hoje, a vacina do sapo é utilizada também por seringueiros e vem sendo aplicada por alguns curandeiros nas cidades de Cruzeiro do Sul/AC e Rio Branco/AC.

Até os sapos são desrespeitados. É muito importante descobrir a cura das doenças e a ciência médica precisa evoluir, mas será que tudo o que é retirado do nosso país é controlado e respeitado? Será que a fauna e a flora estão sendo preservadas e amparadas para que tudo não entre na temível extinção – tão falada, mas pouco reparada?

O Brasil ainda é o paraíso da diversidade. Mas até quando? Será que os brasileiros estão esperando tudo acabar para então se arrepender ou buscar soluções?

A educação tem um papel importantíssimo na luta por um Brasil reconst ituído e preservado. O que você estuda e aprende hoje, poderá fazer a diferença amanhã. Pense nisto e cultive o amor pelo lugar que chamamos pátria, casa, lar. O nome Brasil já é tão sugestivo – nasceu do extrativismo predatório. Não seja você também aquele que “encobrirá” o nosso querido Brasil.

O nosso SAPO FALANTE está falando com você: SOCORRO! AJUDE-ME A SER PRESERVADO!

Foi muito legal fazer o sapo com vocês garotada! Ficou um show!

Beijão da professora Adriana.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Comparação da Crosta terrestre a um ovo…

 

Queridos(as) alunos(as),
Comparando a Terra a um ovo cozido, cortado ao meio, podemos reconhecer suas partes e seu interior.
A crosta terrestre corresponde à casca do ovo; é a camada mais superficial e dura da Terra, formada por rochas. A crosta não é formada por apenas uma parte, mas de várias outras que são as grandes placas que flutuam sobre o manto.
O manto corresponde à clara do ovo, que é a camada localizada logo abaixo da crosta terrestre e composta de rochas muito quentes que se movimentam constantemente.
No centro da Terra, há um grande núcleo, que corresponde à gema do ovo. Esta é a parte mais quente da Terra. O núcleo é dividido em dois, o externo, que é líquido, e o interno, que é sólido.
Diante de todas estas descobertas, levamos para a sala de aula um ovo cozido, onde fizemos a comparação identificando as partes da Terra, tiramos fotos e ainda aproveitamos para fazer um lanchinho saudável!
Aproveitamos muito essa aula!!! E… podem ter certeza de que teremos outras bem interessantes!!!

 

 

Aproveitem com carinho esta oportunidade maravilhosa de descobertas, pois ela é única!!!! Amamos vocês!!!

                  Beijos!!! Professoras Priscilla, Gislaine e Maristela.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.